top of page
  • Foto do escritorDavi Paes e Lima

ESG na prática: como sair do discurso e partir para a prática


De uns anos pra cá, o termo ESG está cada vez mais em alta, e grande parte das empresas, independente da área de atuação, já estão atentas a isso. Traduzindo, ESG é uma abordagem que avalia até que ponto uma corporação trabalha em prol de objetivos sociais - ou seja, de que forma ela contribui e faz a diferença para a sociedade além de gerar renda e obter lucro.

Mas, é claro, junto com o "advento" do ESG também se popularizou outro termo, o "Greenwashing", que é quando as empresas se mostram “preocupadas” com a comunidade apenas como estratégia de Marketing, sem de fato colocar a mão na massa, fazer algo concreto e fazer a diferença na comunidade em que está inserida. Todavia, ainda bem, temos boas exceções. Aqui eu separei três casos de empresas que fazem a diferença nesse sentido.

- O Fort Atacadista, do sétimo maior grupo supermercadista do país, há mais de 5 anos já abraçou o projeto Limpeza dos Mares, promovido pela Associação Náutica Brasileira, a Acatmar. Mas o que é abraçar o projeto? Além do patrocínio mantenedor, que viabiliza a continuidade das ações do projeto no litoral catarinense, a rede participa ativamente dos mutirões de limpeza, convidando colaboradores, estimulando a participação de toda a comunidade e oferecendo lanches em cada etapa realizada.

Cláudia Plentz, uma das voluntárias da mais recente etapa do Limpeza dos Mares, projeto patrocinado pelo Fort Atacadista

- Outro exemplo é a construtora MTF, da Grande Florianópolis, que entregou um presente para os moradores e turistas que visitam a praia de Palmas, em Governador Celso Ramos. Em frente a um dos terrenos onde estão construindo, entregaram uma linda praça, com chafariz, playground para as crianças (foto abaixo), quadra esportiva e espaço pet - tudo gratuito.

Foto: Jefferson Baldo


- Já a construtora Gessele Empreendimentos realizou no último mês de maio um mutirão de limpeza na praia de Itapema, mobilizando colaboradores, familiares e amigos para em um único dia retirar mais de 230 quilos de lixo da orla. Somente de bitucas de cigarro eles contaram mais de 490, um número assustador!




Viu como dá para sair do discurso e partir para a prática, independente do porte da sua empresa? E, é claro, uma boa Assessoria de Imprensa irá aproveitar para compartilhar essas ações com os profissionais da imprensa, gerando mídia espontânea e contribuindo para a reputação de marcas e empresas. Afinal, notícia boa é para ser compartilhada!

Comments


bottom of page